Banho com os gárgulas verdes

26/dez/2006 Comentar


No dia 23 de dezembro eu e Nina fomos revelar fotos. Sim. Eu ainda revelo. Tenho uma câmera manual, fantástica que me deixa controlar tudo que preciso para fazer uma boa foto. Ela me custou muito dinheiro e não vou abandoná-la por causa da febre digital. Sim. Eu também tenho uma digital. Mas o que ela me dá de portabilidade me tira de controle. Não posso pagar uma digital que chegue perto da minha manual. Assim sendo, uso as duas. Para fotos assim ou assado, uso a moderna. Para fotos sérias, que requerem estudo e aprimoramento, uso a analógica e velha.

Enfim, estávamos indo ver as fotos quando passamos na Praça do BNB, no centro. A fonte, havia se tornado banho público. Inúmeras crianças seminuas pulavam e gritavam na água que escorria das bocas dos gárgulas verdes. Paramos para fotografar e elas posaram. Acenaram.

O que vou dizer? Nada! Só achei que ninguém cuida mais dos espaços públicos como se devia.

Comentar

Escreva algo