Arquivo de março de 2007

Vereador inova e dá prêmios para quem opinar

Postado por auri em 29/mar/2007 1 comentário

Sou uma internauta muito experiente e exigente. Gosto de novidades e detesto dar informções pessoais em troca de nada. Estou cansada de entrar em sites que pedem meu nome e e-mail, lotam minha caixa postal com bagulhos que não me interessam e não me oferecem nada! Quer meu nome e e-mail? Sei o que o site ganha com isto, mas e eu?

Esta semana, andando pela cidade, recebi um jornal do vereador Salmito. Ele teve uma brilhante sacada que me agradou muito. Pede aos que entram em seu site www.salmito.com.br que respondam a uma pesquisa sobre a maioridade penal e ainda oferece prêmios a quem participar. Ainda oferece a oportunidade de que eu possa indicar amigos para participar.

Os agrados são de deixar a gente com vontade de ganhar: aparelhos de MP3, ingressos para shows, uma web cam, uma camisa ficial dos times: Ceará, Fortaleza ou Ferroviário, ingressos para o Beach Park e um abadá para o Fortal. Vai querer?

O único inconveniente é ter que indicar 10 amigos. Tive dificuldades. É muito e-mail para se lembrar na hora de preencher o formulário. Poderia ser menos. O pessoal vai acabar inventando e-mail, repetindo… e não sei se assim vale.

Ao entrar no site dele pra tentar ganhar prêmios, descobri várias iniciativas de sua atuação como vereador. Fiquei sabendo, por exemplo, que ele organiza um café da manhã com os professores da rede de educação municipal, para ouví-los e discutir os problemas que eles apontam.

Acho que este é um exemplo de que a política pode ser criativa para estimular a participação popular.

Nova invenção da culinária cearense

Postado por auri em 29/mar/2007 1 comentário

Milho com farofa

Vital, Diogo, Cristina e eu fomos apresentar um trabalho na Prainha, em Aquiraz. Chegamos cedo e resolvemos dar uma volta. Acabamos comprando milho cozido numa pracinha que também vendia renda de bilro. Diogo pegou uma vasilha que tinha na bolsa, com farofa pra temperar. Metia a espiga dentro, comia. Milho com farofa é hilário. Ô marmota!

Diz a Cris que esse menino tem umas comidas estranhas! Bota folha de chá dentro do suco, come sucrilho com suco de laranja… ela se arrepia toda soh de pensar nas misturas dele.

Nesse dia, nós três nos divertimos muito. Nosso trabalho foi sabatinado por mais de vinte pessoas. Ainda bem que tivemos estse momento de relax antes, senão.

Meu gato foi miar em Bauru

Postado por auri em 28/mar/2007 1 comentário


Pois, meu gatinho foi miar em outra praça. Seu papai estava precisando de cuidado e carinho e ele teve que partir às pressas. Levou sua vontade, determinação e amor para compartilhar com seus genitores. Tuta e Hilda estão agora desfrutando de sua adorável companhia e atenção.

Em Fortaleza, comemos pizza para lembrar dele, assistimos seu DVD favorito, olhamos suas fotos e ouvimos suas músicas. Sua ausência deixa saudade, mas não dói. A gente sabe que ele volta logo. É uma saudade gostosa, de quando a gente ama e sabe que é amado. É até uma saudade benéfica, por que faz a gente prestar mais atenção no outro. Desejar que ele esteja sempre por perto, perceber como é bom quando estamos juntos.

Em Bauru, ele não pára nem de trabalhar. Não é gato que fica só deitado no sofá. É de uma estirpe difícil de encontrar: íntegro, sempre disposto quando tem que fazer um serviço, cheio de idéias, sempre à frente do seu tempo. Mas, como todo gato, gosta de cafuné, de chamego e de uma boa espreguiçada na cama, para ler um bom livro e namorar. E tenho a honra e felicidade de morar com este espécime. Até posso chamá-lo de meu gato! Tenho por ele um amor que transcende até mesmo a existência. E meu coração está com uma deliciosa saudade, que vai acabar no domingo!

Despedida da Marie

Postado por auri em 28/mar/2007 Comentar

Marie vai à procura de um amor

No início de março, eu e Aurilene fomos levar a Marie para encontrar um amor. Desde que levamos ela pra casa, a bichinha nunca fez sexo. Para um gatinho, isto eh uma tortura! Privar a bichinha de toda aquela zuada na hora do coito, eh judiacao!

Nao foi soh isto. Iago estah gravemente alergico a pelo de gato e amendoim. A medica recomendou que o animal fosse tirado de perto dele. Nao tinhamos ninguem pra dar…

As meninas do trabalho disseram que isto eh errado.Levar um animal que foi criado em casa, para a natureza, pode ser ruim, jah que ele nao sabe procurar o proprio alimento. Por esta razao fiquei arrasada o dia todo.

Mas no final do dia, quando ia pra casa, vi um casal de gatos se estranhando, namorando e pensei que a Marie pode ser feliz. Mais do que quando passava o dia todo trancada num apartamento, sozinha.