Arquivo de maio de 2008

Máscara pra combater o mau humor

Postado por auri em 29/mai/2008 Comentar


Marcilene não estava interessada em ficar doente? Não. Ela só colocou a máscara pra fazer gozação. Ou seria o ar condicionado que estava muito forte? Realmente, sou incapaz de distinguir a doença do mau humor. Por isto acho eficaz, qualquer idéia saudável para combatê-los.

Design político: logotipos

Postado por auri em 16/mai/2008 1 comentário

Um site incrível que faz coleção e análise de logotipos pelo mundo todo, e que vale a pena consultar: http://logoblink.com/2008/03/23/usa-polit-logos-2008-1960/#comment-244
Fiquei particularmente interessada na lista de logotipos de campanhas presidenciais desde 1960 até 2008. Todos parecem iguais: azul, vermelho e branco. Quase a mesma família tipográfica. Quase o mesmo estilo.
Aqui no Brasil temos mais variedade, mais cores, mais estilos. Uns muito ruins. Tão ruins que a gente nem se lembra. Outros muito bons, feitos por grandes agências de publicidade e designers criativos à beça, a gente nunca esquece. Você lembra de algum?
Me deu vontade de colecionar os logos de nossas campanhas presidenciais. Alguém tem algum aí para me ajudar?

Estão escondendo ou fingindo que não sabem?

Postado por auri em 14/mai/2008 Comentar

A imprensa brasileira é mesmo das elites para as elites e pelas elites. Senão vejamos: por que não divulgam aqui o documentário canadense que fizeram sobre o presidente Lula? Será que eles não sabem? A imprensa de lá deu amplo espaço para que todos conhecessem o nosso governante como um grande líder mundial. A estréia foi no dia 09 de Abril. Ah! Vai ver que eles não sabiam, não é!
Ou será que eles não queriam que você soubesse?
Fiquei confusa: estão escondendo ou fingindo que não sabem?
Só tem um problema: o que eles pensam esconder de nós, a gente já sabe. Nosso presidente é motivo de orgulho, sim.

Para saber mais: http://www.ex-centris.com/ dá pra ver o trailer e ler sobre o filme (em inglês).

E para ver o trailler visite o Blog do Mello.

O som digital me deixou nostálgica

Postado por auri em 14/mai/2008 Comentar

Eu e meus colegas de trabalho, Washigton Forte e Vivian Arraes gravamos um programa de rádio a ser veiculado só na internet. E durante este processo, senti-me um tanto vivida. É.

Não faz muito tempo, estava eu na Rádio Guanacés, totalmente analógica, monitorada por botões e programas ao vivo transmitidos para os radinhos de pilha dos moradores de Itapajé.
Hoje, fazemos tudo no computador e vai para a internet. Se o Edimar soubesse como é fácil! Tô me sentido rodada.

A Vívian e o Washington é que são sortudos. Estão vivendo a mudança e fazendo com que ela se transforme. Eu apenas participo e desfruto.