Explicando o inexplicável

20/ago/2008 Comentar

Tava olhando as citações ou coisas que os meus colegas escrevem no Google Talk. A maioria pede pra não perburbar, encher o saco, trabalhando…, saí pra comer. Mas encontrei uma que me chamou atenção: “É buscando consciência pra não poder viajar”. Era da Jully. Pedi a ela que desenhasse pra mim.

Ficou assim: “Ah! é de música lindíssima de Zé Ramalho – Avôhai, quarta-feira. Quer dizer que quando deixamos fluir o que imaginamos e criamos em nós ou em nossos pensamentos, isso nos leva para um mundo futurista, irreal e acabamos por fugir deste espaço terreno que é conhecido como a possível verdade ou a imposta realidade. Enfim, é preciso voltar para o seu senso de consciência para que ele lhe ponha os pés fincados no chão de todas as coisas. É mais ou menos assim filosoficamente falando, porém não precisa entender tanto. rsrs ;D”

Taí, pra vcs sentirem que é possível explicar até mesmo quando parece que não dá. Né, Jully!

Comentar

Escreva algo