Nu de costas

10/mai/2009 Comentar

Nu de costas (detalhe). Acrílica sobre tela. 2005.
Expressar-me de forma autêntica e verdadeira tem sido o grande desafio da vida para mim. O poder das cores quentes e das pinceladas velozes muitas vezes foram os canais mais simples para permitir minha fala. Tenho que pintar as emoções mais profundas e as mais superficiais também. 

Comentar

Escreva algo