Arquivo de abril de 2011

Processo

Postado por auri em 09/abr/2011 Comentar

Todos os dias, o mesmo inevitável.
Estamos aqui, mas não vamos ficar.

Um corpo, um invólucro de carne, osso e sangue que precisa funcionar sem parar.

Máquina de dor e prazer.
Que quebra e se regenera até não poder mais.

Viver é um processo em andamento constante.

No final, sabe-se para onde vai.
Sem saber como.

É esta incerteza
que me faz levantar todo dia e começar de novo.

Será hoje?